Combater o populismo aprofundando a Democracia.

É em épocas de crise, que o sistema capitalista atravessa, que aparecem as propostas populistas. Os seus  mentores e actores não são apartidários nem contra as ideologias, eles têm uma ideologia, um objectivo - acabar com a Democracia representativa, tal como nós os europeus a concebemos. A facilidade das suas propostas para resolver as crises só gera o ódio e a guerra, os populistas não são a solução, são parte do problema das sociedades livres. Pois eles, mais não fazem do que aproveitar as desilusões e angústias porque passa hoje os povos, (fruto de políticas estafadas e ausência de refundação e ética das famílias políticas que construiram o nosso estado social, após a 2ª guerra mundial).  Os populistas, sendo contra o Estado-Providência, não têm escrúpulos em cavalgar a onda de revolta que envolve os eleitores. Hoje mais do que nunca é necessário redefinir um novo contrato social, com o sentido de encontrar uma sociedade mais igualitária.  

 

 


publicado por Barto lo meu às 10:10 | link do post | comentar